Deus na Pessoa do Espírito Santo: Palavra que vivifica ! Salmos 119.49

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

TODOS SOMOS PASSÍVEIS DE ERROS - TROPEÇAMOS ...

 
Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.  Porque todos tropeçamos em muitas coisas. 
  Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.  Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo. 
   Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa. 
   Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas.
  Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.  A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.  Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;  Mas nenhum homem pode domar a língua.  
  É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.  
  Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.  
  De uma mesma boca procede bênção e maldição. 
  Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.  Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?  
  Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.  
  Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria. 
  Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.  Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. 
  Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.  
  Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.      Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz. Tiago 3:1-18
Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.

Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.

Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.

Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.

A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.

Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;

Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.

Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.

De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.

Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.

Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.

Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.

Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.

Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
Tiago 3:1-18
Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.

Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.

Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.

Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.

A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.

Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;

Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.

Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.

De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.

Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.

Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.

Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.

Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.

Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
Tiago 3:1-18
Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.

Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.

Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.

Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.

A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.

Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;

Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.

Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.

De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.

Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.

Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.

Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.

Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.

Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
Tiago 3:1-18
Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.

Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.

Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.

Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.

A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.

Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;

Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.

Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.

De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.

Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.

Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.

Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.

Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.

Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
Tiago 3:1-18

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

DEUS NOS RESERVA O TEMPO DE VITÓRIA !

Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse;  Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis.  
Se pelo nome de Cristo sois envergonhados, felizes sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado.  
Que nenhum de vós padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como o que se entremete em negócios alheios;  Mas, se padecer como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte.  Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?  
E, se o justo apenas se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?  Portanto também os que padecem segundo a vontade de Deus nao temam por  suas almas, como ao fiel Criador, fazendo o bem. 1 Pedro 4:12-19
Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse;

Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis.

Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado.

Que nenhum de vós padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como o que se entremete em negócios alheios;

Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte.

Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?

E, se o justo apenas se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?

Portanto também os que padecem segundo a vontade de Deus encomendem-lhe as suas almas, como ao fiel Criador, fazendo o bem.
1 Pedro 4:12-19
Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse;

Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis.

Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado.

Que nenhum de vós padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como o que se entremete em negócios alheios;

Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte.

Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?

E, se o justo apenas se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?

Portanto também os que padecem segundo a vontade de Deus encomendem-lhe as suas almas, como ao fiel Criador, fazendo o bem.
1 Pedro 4:12-19

domingo, 25 de dezembro de 2011

Tesouros: onde os procura ? tão simples encontrá-los (alguns provérbios de Salomão)

 
Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes (guardares) contigo os meus mandamentos,
Para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento;
Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz,
Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares,
Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus.
Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento.
Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade,
Para que guardem as veredas do juízo. Ele preservará o caminho dos seus santos.
Então entenderás a justiça, o juízo, a eqüidade e todas as boas veredas.
Pois quando a sabedoria entrar no teu coração, e o conhecimento for agradável à tua alma,
O bom siso te guardará e a inteligência te conservará;
Para te afastar do mau caminho, e do homem que fala coisas perversas;
Dos que deixam as veredas da retidão, para andarem pelos caminhos escusos;
Que se alegram de fazer mal, e folgam com as perversidades dos maus,
Cujas veredas são tortuosas e que se desviam nos seus caminhos;
[...]  provérbios - cap. 2
 PÃO DA VIDA É  O  SENHOR  !

Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.
Provérbios 25:11
O que canta canções para o coração aflito é como aquele que despe a roupa num dia de frio, ou como o vinagre sobre salitre.  
Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber;  Porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça; e o SENHOR to retribuirá.
Provérbios 25:20-22
Comer mel demais não é bom; assim, a busca da própria glória não é glória.  
Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito. 
Provérbios 25:27-28

Jesus deu a vida por nós,  para que todos cheguem ao pleno conhecimento da verdade (do evangelho) por isso prega-se a Palavra de Deus.  Nós evangélicos nao somos fanáticos, somente obedecemos a vontade de Deus que escrito deixou: "Ide e pregai o meu Evangelho (novidade de vida) a toda a critura. Quem crer e for batizado  terá a vida Eterna" -  escrito está !  rs ... vl
Natal ! hoje é natal.  Feliz Natal !  - Ele (Jesus)  nasce para mim todos os dias. É por isso que eu nem me preocupo muito com esse dia que chamam Natal.  Mas que vem uma saudade de algumas pessoas que gostaríamos estivessem com a gente nesse dia, ah ! isso, vem !  rs...
Comer mel demais não é bom; assim, a busca da própria glória não é glória.

Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.
Provérbios 25:27-28
O que canta canções para o coração aflito é como aquele que despe a roupa num dia de frio, ou como o vinagre sobre salitre.

Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber;

Porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça; e o SENHOR to retribuirá.
Provérbios 25:20-22
O que canta canções para o coração aflito é como aquele que despe a roupa num dia de frio, ou como o vinagre sobre salitre.

Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber;

Porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça; e o SENHOR to retribuirá.
Provérbios 25:20-22
Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.
Provérbios 25:11

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

SILÊNCIO ... (Lamentações de Jeremias 3.25-32)

  Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca.
 Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.
Bom é para o homem suportar o jugo na sua mocidade.

Que se assente ele, sozinho, e fique calado, porquanto Deus o pôs sobre ele.
Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança.
  Dê a sua face ao que o fere; farte-se de afronta.
Pois o Senhor não rejeitará para sempre.
  Embora entristeça a alguém, contudo terá compaixão segundo a grandeza da sua misericórdia.
Deus enviou seu FILHO amado
para nos salvar e perdoar
Na cruz  morreu por meus pecados
mas ressurgiu e junto com o PAI  está.
Porque ELE vive posso crer no amanhã
Porque ELE vive temor nao há
Mas eu bem sei 
Eu sei
Que a minha vida
Está nas mãos do meu JESUS
QUE VIVO ESTÁ !!!



quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Jesus ensinou : para sempre - amém

Pai  nosso que estais no céu.
Santificado seja o seu nome,
Vem a nós o vosso reino
Seja feita a vossa vontade
Assim na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas
Assim como perdoamos
os que nos tem ofendido.
E não nos deixes cair em tentação,
Mas livra-nos do mal
Porque teu é o reino,
O poder 
A honra e a glória,
Pelos séculos dos séculos.
Amém !!!


1 O Senhor é o meu pastor; nada me faltará. 2 Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas. 3 Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. 4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. 5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos; unges com óleo a minha cabeça, o meu cálice transborda. 6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.


1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará. 2 Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. 3 Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa. 4 Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel. 5 Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia, 6 nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. 7 Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido. 8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. 9 Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, 10 nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. 11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. 12 Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra. 13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. 14 Pois que tanto me amou, eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque ele conhece o meu nome. 15 Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei. 16 Com longura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação.  SALMOS 91

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Jo 3.17




(João 4)[...]
3 deixou Jesus a Judéia, e foi outra vez para a Galiléia. 
4 E era-lhe necessário passar por Samaria. 
5 Chegou, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó dera a seu filho José; 
6 achava-se ali o poço de Jacó. Jesus, pois, cansado da viagem, sentou-se assim junto do poço; era cerca da hora sexta. 
7 Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. 
8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida.
9 Disse-lhe então a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (Porque os judeus não se comunicavam com os samaritanos.) -nem mesmo um homem poderia falar com uma mulher publicamente, muito menos samaritana -
10 Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e ele te haveria dado água viva. 
11 Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que tirá-la, e o poço é fundo; donde, pois, tens essa água viva? 
12 És tu, porventura, maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual também ele mesmo bebeu, e os filhos, e o seu gado?. 
13 Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede;
14 mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna. 
15 Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, nem venha aqui mais para  tirá-la.
(- Jesus profetisa sobre a vida dela e da importância sobre a fé - e  a mulher questiona) :
20 Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.
21 Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me, a hora vem, em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai.
22 Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a salvação vem dos judeus.
23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. 
24 Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. 
25 Replicou-lhe a mulher: Eu sei que vem o Messias (que se chama o Cristo); quando ele vier há de nos anunciar todas as coisas. 
26 Disse-lhe Jesus: Eu o sou,  eu que falo contigo.

(Jesus fala conosco  através da Palavra bíblica,  pelos louvores, por testemunhos de bençaos de seus servos ou pelos profetas. Muitas vezes, na correria do dia-a-dia, nos perdemos pelas veredas do caminho e nem conseguimos ouvir a voz de Jesus Nosso Deus. Mas com amor Ele nos surpreende e diz: Eu o sou, eu que falo contigo.  - Obrigada Jesus Te adoro Demaisssssssssssssss ...  vl.)

domingo, 18 de dezembro de 2011

DEUS DETERMINA ! QUEM REVOGARÁ ???



Levanta-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do SENHOR vai nascendo sobre ti;
Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o SENHOR virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti.
E os gentios caminharão à tua luz, e os reis ao resplendor que te nasceu.
Levanta em redor os teus olhos, e vê; todos estes já se ajuntaram, e vêm a ti; teus filhos virão de longe, e tuas filhas serão criadas ao teu lado.
Então o verás, e serás iluminado, e o teu coração estremecerá e se alargará; porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas dos gentios virão a ti.
A multidão de camelos te cobrirá, os dromedários de Midiã e Efá; todos virão de Sabá; ouro e incenso trarão, e publicarão os louvores do SENHOR.
Todas as ovelhas de Quedar se congregarão a ti; os carneiros de Nebaiote te servirão; com agrado subirão ao meu altar, e eu glorificarei a casa da minha glória.
Quem são estes que vêm voando como nuvens, e como pombas às suas janelas?
Certamente as ilhas me aguardarão, e primeiro os navios de Társis, para trazer teus filhos de longe, e com eles a sua prata e o seu ouro, para o nome do SENHOR teu Deus, e para o Santo de Israel, porquanto ele te glorificou.
E os filhos dos estrangeiros edificarão os teus muros, e os seus reis te servirão; porque no meu furor te feri, mas na minha benignidade tive misericórdia de ti.
E as tuas portas estarão abertas de contínuo, nem de dia nem de noite se fecharão; para que tragam a ti as riquezas dos gentios, e, conduzidos com elas, os seus reis.
Porque a nação e o reino que não te servirem perecerão; sim, essas nações serão de todo assoladas.
A glória do Líbano virá a ti; a faia, o pinheiro, e o álamo conjuntamente, para ornarem o lugar do meu santuário, e glorificarei o lugar dos meus pés.
Também virão a ti, inclinando-se, os filhos dos que te oprimiram; e prostrar-se-ão às plantas dos teus pés todos os que te desprezaram; e chamar-te-ão a cidade do SENHOR, a Sião do Santo de Israel.
Em lugar de seres deixada, e odiada, de modo que ninguém passava por ti, far-te-ei uma excelência perpétua, um gozo de geração em geração.
E mamarás o leite dos gentios, e alimentar-te-ás ao peito dos reis; e saberás que eu sou o SENHOR, o teu Salvador, e o teu Redentor, o Poderoso de Jacó.
Por cobre trarei ouro, e por ferro trarei prata, e por madeira, bronze, e por pedras, ferro; e farei pacíficos os teus oficiais e justos os teus exatores.
Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, desolação nem destruição nos teus termos; mas aos teus muros chamarás Salvação, e às tuas portas Louvor.
Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem com o seu resplendor a lua te iluminará; mas o SENHOR será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória.
Nunca mais se porá o teu sol, nem a tua lua minguará; porque o SENHOR será a tua luz perpétua, e os dias do teu luto findarão.
E todos os do teu povo serão justos, para sempre herdarão a terra; serão renovos por mim plantados, obra das minhas mãos, para que eu seja glorificado.
O menor virá a ser mil, e o mínimo uma nação forte; eu, o SENHOR, ao seu tempo o farei prontamente.
(ISAIAS 60) 

Isaias 62

Por amor de Sião não me calarei, e por amor de Jerusalém não me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor, e a sua salvação como uma tocha acesa.
E os gentios verão a tua justiça, e todos os reis a tua glória; e chamar-te-ão por um nome novo, que a boca do SENHOR designará.
E serás uma coroa de glória na mão do SENHOR, e um diadema real na mão do teu Deus.
Nunca mais te chamarão: Desamparada, nem a tua terra se denominará jamais: Assolada; mas chamar-te-ão: O meu prazer está nela, e à tua terra: A casada; porque o SENHOR se agrada de ti, e a tua terra se casará.
Porque, como o jovem se casa com a virgem, assim teus filhos se casarão contigo; e como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu Deus.
O Jerusalém, sobre os teus muros pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; ó vós, os que fazeis lembrar ao SENHOR, não haja descanso em vós,
Nem deis a ele descanso, até que confirme, e até que ponha a Jerusalém por louvor na terra.
Jurou o SENHOR pela sua mão direita, e pelo braço da sua força: Nunca mais darei o teu trigo por comida aos teus inimigos, nem os estrangeiros beberão o teu mosto, em que trabalhaste.
Mas os que o ajuntarem o comerão, e louvarão ao SENHOR; e os que o colherem beberão nos átrios do meu santuário.
Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aplainai, aplainai a estrada, limpai-a das pedras; arvorai a bandeira aos povos.
Eis que o SENHOR fez ouvir até às extremidades da terra: Dizei à filha de Sião: Eis que vem a tua salvação; eis que com ele vem o seu galardão, e a sua obra diante dele.
E chamar-lhes-ão: Povo santo, remidos do SENHOR; e tu serás chamada: Procurada, a cidade não desamparada.

Isaias 51

Ouvi-me, vós os que seguis a justiça, os que buscais ao SENHOR. Olhai para a rocha de onde fostes cortados, e para a caverna do poço de onde fostes cavados.
Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, o chamei, e o abençoei e o multipliquei.
Porque o SENHOR consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden, e a sua solidão como o jardim do SENHOR; gozo e alegria se achará nela, ação de graças, e voz de melodia.
Atendei-me, povo meu e nação minha, inclinai os ouvidos para mim; porque de mim sairá a lei, e o meu juízo farei repousar para a luz dos povos.
Perto está a minha justiça, vem saindo a minha salvação, e os meus braços julgarão os povos; as ilhas me aguardarão, e no meu braço esperarão.
Levantai os vossos olhos para os céus, e olhai para a terra em baixo, porque os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra se envelhecerá como roupa, e os seus moradores morrerão semelhantemente; porém a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será abolida.
Ouvi-me, vós que conheceis a justiça, povo em cujo coração está a minha lei; não temais a vergonha dos homens, nem vos turbeis pelas suas injúrias.
Porque a traça os roerá como a roupa, e o bicho os comerá como a lã; mas a minha justiça durará para sempre, e a minha salvação de geração em geração.
Desperta, desperta, veste-te de força, ó braço do SENHOR; desperta como nos dias passados, como nas gerações antigas. Não és tu aquele que cortou em pedaços a Raabe, o que feriu ao chacal?
Não és tu aquele que secou o mar, as águas do grande abismo?
 O que fez os caminhos no fundo do mar para que passassem os remidos ?
O que fez o caminho no fundo do mar, para que passassem os remidos?
Isaías 51:10
O que fez o caminho no fundo do mar, para que passassem os remidos?
Isaías 51:10
O que fez o caminho no fundo do mar, para que passassem os remidos?
Isaías 51:10
Assim voltarão os resgatados do SENHOR, e virão a Sião com júbilo, e perpétua alegria haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, a tristeza e o gemido fugirão.
Eu, eu sou aquele que vos consola; quem, pois, és tu para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em erva?
E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava?
O exilado cativo depressa será solto, e não morrerá na caverna, e o seu pão não lhe faltará.
Porque eu sou o SENHOR teu Deus, que agito o mar, de modo que bramem as suas ondas. O SENHOR dos Exércitos é o seu nome.
E ponho as minhas palavras na tua boca, e te cubro com a sombra da minha mão; para plantar os céus, e para fundar a terra, e para dizer a Sião: Tu és o meu povo.
Desperta, desperta, levanta-te, ó Jerusalém,   que bebeste da mão do SENHOR o cálice do seu furor; bebeste e sorveste os sedimentos do cálice do atordoamento.
De todos os filhos que ela teve, nenhum há que a guie mansamente; e de todos os filhos que criou, nenhum há que a tome pela mão.
Estas duas coisas te aconteceram; quem terá compaixão de ti? A assolação, e o quebrantamento, e a fome, e a espada! Por quem te consolarei?
Os teus filhos já desmaiaram, jazem nas entradas de todos os caminhos, como o antílope na rede; cheios estão do furor do SENHOR e da repreensão do teu Deus.
Portanto agora ouve isto, ó aflita, e embriagada, mas não de vinho.
Assim diz o teu Senhor o SENHOR, e o teu Deus, que pleiteará a causa do seu povo: Eis que eu tomo da tua mão o cálice do atordoamento, os sedimentos do cálice do meu furor, nunca mais dele beberás.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011


Um jovem que trabalhava no exército era humilhado por ser cristão. Um dia seu superior querendo humilhá-lo na frente do pelotão chamou o soldado e disse: Jovem vem aqui, pegue esta chave, vá até aquele Jipe e estacione ali na frente. O jovem disse: Não sei dirigir. Então disse o superior, peça ajuda a seu Deus. Mostre que Ele existe. O soldado pegou a chave e começou a orar, depois ligou o veículo, manobrou e estacionou perfeitamente. Ao sair do Jipe o soldado viu todos de joelhos, chorando e dizendo: Nós queremos teu Deus.
O jovem soldado espantado, perguntou o que estava acontecendo. O superior chorando abriu o capô do Jipe e mostrou para o jovem que o carro estava sem motor.

O jovem então disse: Estão vendo? Esse é o Deus que sirvo. O Deus do impossível. O Deus que traz a existência aquilo que não existe!
Então clame por Ele , adore-O, JESUS DEUS te ama !

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

DEUS TEM TODO O PODER SOBRE TUDO !

A terra, ó SENHOR, está cheia da tua benignidade; ensina-me os teus estatutos.
Salmos 119:64

Para sempre, ó SENHOR, a tua palavra permanece no céu.  A tua fidelidade dura de geração em geração; tu firmaste a terra, e ela permanece firme.  Eles continuam até ao dia de hoje, segundo as tuas ordenações; porque todos são teus servos.  Se a tua lei não fora toda a minha recreação, há muito que pereceria na minha aflição.  Nunca me esquecerei dos teus preceitos; pois por eles me tens vivificado.  Sou teu, salva-me; pois tenho buscado os teus preceitos.  Os ímpios me esperam para me destruírem, mas eu considerarei os teus testemunhos. A toda  a perfeição vi limite, mas o teu mandamento é amplíssimo.  . Oh! quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia. Salmos 119:89-97
A terra, ó SENHOR, está cheia da tua benignidade; ensina-me os teus estatutos.
Salmos 119:64

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

ETERNIDADE EM PALAVRA - Novo Test. - 1º Ped. 1. 3 a 25

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
Para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós,
Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo,
Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações,
Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo;
Ao qual, não o havendo visto, amais; no qual, não o vendo agora, mas crendo, vos alegrais com gozo inefável e glorioso;
Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas.
Da qual salvação inquiriram e trataram diligentemente os profetas que profetizaram da graça que vos foi dada,
Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo, que estava neles, indicava, anteriormente testificando os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir.
Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem atentar.
Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo;
Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância;
Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;
Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.
E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação,
Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,
O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;
E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;
Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;
Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.
Porque Toda a carne (homem) é como a erva, E toda a glória do homem como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor;
Mas a palavra do Senhor permanece para sempre.

DEUS É TREMENDO !!! DIGNO DE ADORAÇAO É O SENHOR !

“Atitude de fé...Agradando o coração de Deus e vivendo o sobrenatural.


A ansiedade por respostas inquieta o coração humano; mas muitas coisas só entenderemos ao chegarmos ao céu.O medo insiste em tentar abalar nossa fé e, às vezes, até consegue; mas Jesus não nos deixa em tempos de aflição.Nas descobertas, encontros, desencontros, mudanças; a voz do Pai é a única que realmente importa.
Na firmeza e suavidade que acalma; encontramos a Força que desfaz todo mal.
Para Deus, nada é impossível; e a mais sábia escolha é descansar Nele.
Ao crer que Ele fará o melhor, a Seu tempo e modo; recebemos fé para ver e viver o sobrenatural. A nossa mente e ações são limitadas, mas Ele não; pois os pensamentos de Deus são maiores que os nossos. E Ele faz infinitamente mais que pedimos ou pensamos; O segredo é buscá-Lo!
Se o seu desejo é agradar o coração de Deus, alcançar o impossível e viver o sobrenatural, tenha atitudes de fé, pois “Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê”. (Marcos 9.23.)”

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011



1 Bendirei ao Senhor em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.
2 No Senhor se gloria a minha alma; ouçam-no os mansos e se alegrem.
3 Engrandeci ao Senhor comigo, e juntos exaltemos o seu nome. 
4 Busquei ao Senhor, e ele me respondeu, e de todos os meus temores me livrou. 
5 Olhai para ele, e sede iluminados; e os vossos rostos jamais serão confundidos. 
6 Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o livrou de todas as suas angústias. 
7 O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. 
8 Provai, e vede que o Senhor é bom; feliz o homem que nele se refugia. 
9 Temei ao Senhor, vós, seus santos, porque nada falta aos que o temem. 
10 Os leõezinhos necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao Senhor, bem algum lhes faltará. 
11 Vinde, filhos, ouvi-me; eu vos ensinarei o temor do Senhor.
12 Quem é o homem que deseja a vida, e quer longos dias para ver o bem? 
13 Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem dolosamente. 
14 Aparta-te do mal, e : busca a paz, e segue-a.faze o bem
15 Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor. 
16 A face do Senhor está contra os que fazem o mal, para desarraigar da terra a memória deles. 
17 Os justos clamam, e o Senhor os ouve, e os livra de todas as suas angústias. 
18 Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.
19 Muitas são as aflições do justo, mas de todas elas o Senhor o livra. 
20 Ele lhe preserva todos os ossos; nem sequer um deles se quebra. 
21 A malícia matará o ímpio, e os que odeiam o justo serão condenados.
22 O Senhor resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele se refugiam será punido.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Bençãos e bençãos - (ai sim !)

Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.  
Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus? 
Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou. 
Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens. 
Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.  
Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram. 
Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. 
A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.  Israel, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.  Casa de Arão, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.  Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.  
O SENHOR se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.
Abençoará os que temem ao SENHOR, tanto pequenos como grandes.  
O SENHOR vos aumentará cada vez mais, a vós e a vossos filhos.  Sois benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra.  
Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra a deu aos filhos dos homens.  
Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio.  
Mas nós bendiremos ao SENHOR, desde agora e para sempre. Louvai ao SENHOR.   (Salmos 115:1-18)
Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.

Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus?

Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.

Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.

Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.

Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.

Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.

A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.

Israel, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.

Casa de Arão, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.

Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.

O SENHOR se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.

Abençoará os que temem ao SENHOR, tanto pequenos como grandes.

O SENHOR vos aumentará cada vez mais, a vós e a vossos filhos.

Sois benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra.

Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra a deu aos filhos dos homens.

Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio.

Mas nós bendiremos ao SENHOR, desde agora e para sempre. Louvai ao SENHOR.
Salmos 115:1-18
Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.

Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus?

Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.

Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.

Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.

Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.

Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.

A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.

Israel, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.

Casa de Arão, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.

Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.

O SENHOR se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.

Abençoará os que temem ao SENHOR, tanto pequenos como grandes.

O SENHOR vos aumentará cada vez mais, a vós e a vossos filhos.

Sois benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra.

Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra a deu aos filhos dos homens.

Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio.

Mas nós bendiremos ao SENHOR, desde agora e para sempre. Louvai ao SENHOR.
Salmos 115:1-18

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

VIDA !!!

Gênesis 42:2 - Disse mais: Eis que tenho ouvido que há mantimentos no Egito; descei para lá, e comprai-nos dali, para que vivamos e não morramos.

“Muitos anos se passaram desde que José foi traído pelos seus irmãos. O tempo, entretanto, não foi capaz de reparar as feridas causadas pelo incidente. Foi necessário que Deus mais uma vez movesse as circunstâncias para que a família estivesse reunida mais uma vez e aquela crueldade fosse devidamente reparada.

Muitas vezes no ciclo da vida, Deus trará a tona incidentes do passado, para que haja reparação. Quando isso ocorre, o perdão é liberado, a justiça é feita, a graça se revela mostrando o zeloso cuidado do Senhor. Talvez neste instante algo que há muito passou tenha voltado a estar em evidência em sua vida. Ore ao Senhor e tente entender que tipo de postura Deus espera de você nesta situação.

Nada passa batido pelo Senhor!”

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Nossas lágrimas, Jesus vê ...

Em Atos 27, vemos que o apóstolo Paulo fez uma viagem com alguns companheiros de fé. Nesse percurso, houve muita tribulação e você pode pensar que pelo fato de ele estar vivendo conforme o querer do Senhor, tudo seria tranquilo, cheio de alegrias, mas não foi assim que aconteceu. E tal como aconteceu com ele, pode acontecer também com você. Você pode estar fazendo a vontade de Deus, mas está passando por tantas circunstâncias, tribulações e situações difíceis.
Paulo viajou como prisioneiro, numa cabine de prisioneiro, comendo comida de prisioneiro. E já no primeiro momento a viagem não foi tranquila. É no início que o vento sopra com toda fúria, Nesse momento duas coisas podem acontecer: ou as pessoas abandonam a viagem, a caminhada ou elas agüentam firme. Normalmente quando você busca servir a Deus, fizer a vontade dele, o inimigo se levanta. Moisés, José, os discípulos e o próprio Jesus vivenciaram adversidades em suas vidas. No entanto, quando estamos fazendo a vontade de Deus temos paz em nosso coração. Algo que podemos guardar em nosso coração é que não existe nada na nossa vida que Jesus não esteja vendo.

Ele vê além do que os nossos olhos podem ver. Ele sonda nosso coração e vê, conhece os nossos pensamentos, conflitos, lágrimas, a nossa angústia, Ele conhece os ventos contrários que assolam a nossa vida. A crise não desenvolve o nosso caráter, ela revela o nosso caráter. E quando você tem essa compreensão, diante da crise, não abandona o barco, não desiste.

Querendo Deus, quem impedirá ? Isaias 43:1 ao vers. 13


1 Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel(representaçao do povo que cre em Deus): Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. 
2 Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. 
3 Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; por teu resgate dei o Egito, e em teu lugar a Etiópia e Seba. 
4 Visto que foste precioso aos meus olhos, e és digno de honra e eu te amo, portanto darei homens por ti, e es povos pela tua vida.
5 Não temas, pois, porque eu sou contigo; trarei a tua descendência desde o Oriente, e te ajuntarei desde o Ocidente. 
6 Direi ao Norte: Dá; e ao Sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra; 
7 a todo aquele que é chamado pelo meu nome, e que criei para minha glória, e que formei e fiz. 
8 Fazei sair o povo que é cego e tem olhos; e os surdos que têm ouvidos.
9 Todas as nações se congreguem, e os povos se reunam; quem dentre eles pode anunciar isso, e mostrar-nos coisas já passadas? apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem; e para que se ouça, e se diga: Verdade é. 
10 Vós sois as minhas testemunhas, do Senhor, e o meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais e entendais que eu sou o mesmo; antes de mim Deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. 
11 Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há salvador. 
12 Eu anunciei, e eu salvei, e eu o mostrei; e deus estranho não houve entre vós; portanto vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor. 
13 Eu sou Deus; também de hoje em diante, eu o sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; operando eu, quem impedirá?